Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

EDUCAÇÃO

Prêmio VivaLeitura anuncia vencedores

20 NOV 2010Por Agência Brasil23h:00

O Ministério da Educação premiou três trabalhos educativos que incentivam a leitura em todo país durante a 5ª edição do Prêmio VivaLeitura. Cada vencedor vai receber um prêmio de R$ 30 mil. Ao todo foram 1.829 trabalhos inscritos em três categorias e 15 foram finalistas.

No quesito Escolas Públicas e Privadas o vencedor foi a Cafeteria Sabor Literário (Parnamirim/RN). O projeto incentiva que os alunos do ensino médio leiam obras das escolas literárias portuguesa e brasileira.

O Centro Educacional e Cultural Kaffehuset Friele (Poços de Caldas/MG) foi o contemplado na categoria Bibliotecas Públicas e Privadas. O trabalho promove ações culturais, envolvendo agentes da educação pública da cidade. Também foi premiada a proposta da Universidade Federal do Ceará com o projeto Ler Para Crer: oficinas itinerantes, onde as oficinas e mutirões servem para a criação de bibliotecas comunitárias.

De acordo com o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, André Lázaro, o prêmio é um incentivo à prática da leitura. “Para tornar a leitura um hábito na vida do brasileiro é preciso esforços. O VivaLeitura tem um característica importante que é o esforço de cada um dentro do seu projeto. São experiências que estão lá na ponta e que tem a oportunidade de serem propagadas para outras localidades. Mesmo não levando o prêmio, as finalistas já são vencedoras dentro daquilo que propõe”.

Para o secretário executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, José Castilho, “esse prêmio é uma celebração que vai além das convencionais. Ele celebra algo fundamental que é a busca pelo leitor”.

Leia Também