Segunda, 25 de Junho de 2018

Premier afirma que Japão cortará emissão de poluentes

9 JUN 2008Por 17h:12
     

 

 

O primeiro-ministro do Japão, Yasuo Fukuda, afirmou hoje (09) que o país pode cortar suas emissões de gases causadores do efeito estufa entre 60% e 80% até 2050. Além disso, o país pode igualar ou mesmo superar os níveis europeus de redução nos próximos 12 anos.

 

O premier, que planeja elevar o Japão a líder mundial nesse setor, anunciou que o país contribuirá com US$ 1,2 bilhão para um fundo internacional de redução dos gases do efeito estufa. Além disso, o país ampliará seu papel no estabelecimento de um mercado internacional de comercialização de emissões.  O Japão, que segundo Fukuda já é um líder no esforço mundial para redução das emissões de gases causadores do efeito estufa, busca tomar medidas difíceis, para dar o exemplo para outros.

 

Fonte: Agência Estado

Leia Também