Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Copa do Mundo de 2014

Prefeitura vai investir para receber seleções na Copa

10 MAI 2011Por Eduardo Miranda00h:00

A Prefeitura de Campo Grande não quer perder a chance que resta à cidade para participar oficialmente da Copa do Mundo de 2014. Depois de o Centro de Convivência do Idoso Vovó Ziza ter sido pré-selecionado como Centro de Treinamento Oficial do Mundial, ao lado de 145 outros locais em 92 cidades brasileiras, o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) pretende modernizar ainda mais o local para receber uma das 32 seleções da Copa.
Em outubro de 2009, a seleção da Venezuela treinou no Vó Ziza antes de jogar com o Brasil pelas Eliminatórias da Copa de 2010. “Vamos nos informar sobre o que é necessário para ficarmos na lista definitiva”, disse Nelsinho Trad.
A lista divulgada pelo Comitê Organizador Local da Copa (COL) contém 145 locais espalhados por 19 estados. Nela aparecem estádios tradicionais como o Castelão, em São Luiz (MA), e hotéis luxuosos, como o Resort Costão do Santinho, em Florianópolis (SC).
Até o fim de julho o comitê visitará os locais pré-selecionados. No fim deste ano, será divulgada a primeira relação de CTs para a Copa de 2014. A partir do ano que vem, serão abertas as inscrições para uma segunda etapa de projetos.
A Fifa exige um número mínimo de 64 centros de treinamento, mas a meta dos organizadores brasileiros do Mundial é oferecer 90 locais para as seleções participantes.
A entrada de um CT na lista oficial da Fifa, no entanto, não é garantia de que ele receberá uma seleção. A escolha caberá a cada país classificado para a Copa, e só poderá ser feita após a definição dos participantes. “Vamos trabalhar para entrar na lista definitiva, e depois, vamos fazer lobby com a seleções classificadas”, disse o prefeito Nelsinho Trad.
Há quase dois anos, em maio de 2009, Campo Grande foi preterida pela Fifa no seu pleito de ser uma das 12 subsedes da Copa do Mundo. Na região Centro-Oeste, foram escolhidas Cuiabá (MT) e Brasília (DF).

Leia Também