segunda, 16 de julho de 2018

cancelamento

Prefeitura pode cancelar 8 mil inscrições de empresas

11 DEZ 2010Por 00h:00

Terminou ontem o prazo para empresas prestadoras de serviços de Campo Grande atualizarem seus dados na Secretaria Municipal de Receita (Semre). Segundo o órgão, cerca de 36,3% das 22 mil empresas do tipo na Capital, em torno de oito mil, estavam irregulares no último levantamento.

Ao todo Campo Grande tem hoje cerca de 48 mil empresas ativas. Segundo o secretário de receita, César Estoduto, as empresas que não fizeram a atualização de informações, que podia ser realizada pelo site da prefeitura, terão, nos próximos dias, as inscrições canceladas.

“O recadastramento começou em novembro de 2009. O prazo inicial era janeiro de 2010 e prorrogamos até 10 de dezembro porque 40% não havia feito o procedimento. Agora é definitivo, quem não fez será cancelado de ofício”, explicou Estoduto.

Com o cancelamento, todos os documentos emitidos pelas empresas canceladas são considerados inidôneos, passíveis de aplicação de penalidades. As empresas também ficarão impedidas de obter certidões em geral, renovação de alvarás, emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, incentivos fiscais e de fazer quaisquer transações com o Município de Campo Grande. (AM)

Leia Também