quinta, 19 de julho de 2018

DÉBITOS AJUIZADOS

Prefeitura já atendeu mais de 800 contribuintes

22 OUT 2010Por DA REDAÇÃO11h:38

A Central de Atendimento localizada no anexo do Paço Municipal, já atendeu desde segunda-feira mais de 800 contribuintes com dívidas junto ao fisco municipal. O número corresponde até a manhã de hoje. A coordenação da Secretaria Municipal de Planejamento Finanças e Controle divulgou que estão à disposição da população 50 atendentes, sendo 32 funcionários da RDM (empresa prestadora de serviços no local), 22 servidores da Prefeitura, duas procuradoras jurídicas, além da equipe do Tribunal de Justiça (TJ/MS).

Uma determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), possibilitou a parceria do TJ/MS com a Prefeitura de Campo Grande, criando o Programa Meta 3 de Pagamento de Débitos Ajuizados. Desta forma, os contribuintes poderão regularizar todos os seus tributos relacionados ao fisco municipal, incluindo o IPTU. O contribuinte inadimplente receberá boleto contendo cálculo atualizado para pagamento à vista em duas datas: 10/11/2010 e 22/12/2010 e os relativos descontos.

Atendimento – Um dos primeiros contribuintes a chegar ao local, logo após a abertura da central, às 8:00 horas, foi o senhor Santiago Aguilera que estava bastante preocupado com o recebimento de um boleto no valor de R$ 1.341,82. Ele informou que mora em uma casa adquirida há 14 anos, no bairro Zé Pereira, e que sempre pagou no prazo o IPTU e, por isso, estava assustado com a cobrança.

“Cheguei aqui hoje para ver do que se trata, pois o terreno está em nome de minha esposa e a cobrança é relativa à época em que ainda pertencia ao antigo morador. Não tenho condições de assumir a pendência e vim aqui para buscar ajuda”, declarou o trabalhador que é o único mantenedor da família com mulher e três filhos menores.

Já o comerciante João Carlos, proprietário de uma pequena loja no Jardim Aero Rancho II há oito anos, foi a Central em busca de uma negociação dos impostos atrasados. “Ficamos fechados por algum tempo devido a problemas pessoais e o imposto acumulou. Agora, estou aqui para ver o que é possível negociar a fim de regularizar os débitos em atraso e estou satisfeito com a rapidez no atendimento”, revelou o microempresário.

Outro cidadão que chegou ao local logo cedo foi o aposentado Jaime Lourenço, morador na Vila Planalto. Ele disse que assim que recebeu a correspondência veio tentar buscar uma orientação, pois confessou que está perdendo o sono com a dívida. “Ninguém quer ficar inadimplente e estou satisfeito com o atendimento daqui que além de rápido, oferece uma oportunidade para quitarmos nossas pendências”, destacou.

Serviço – A Central está localizada na Rua Arthur Jorge, 500, entre as avenidas Afonso Pena e Rua Barão do Rio Branco, com horário de atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem fechar no horário de almoço.

Leia Também