Quarta, 17 de Janeiro de 2018

Prefeitura de Campo Grande começa a integrar Redecomep

26 JUL 2010Por 23h:00
     A Prefeitura de Campo Grande por intermédio do Instituto Municipal de Tecnologia da Informação ? IMTI integra o comitê gestor das Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa ? Redecomep onde no próximo dia 28 acontece a cerimônia de inauguração da Rede Metropolitana de Campo Grande, na sede da Embrapa. Essa rede é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia sob a coordenação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa ? RNP que tem como objetivo a implantação de redes de alta velocidade nas regiões metropolitanas do país.
        
        O modelo da Redecomep baseia-se na implantação de uma infraestrutura de fibras ópticas próprias voltadas para as instituições de pesquisa e educação superior, com a formação de consórcios entre essas instituições que a integram como forma de assegurar sua manutenção. O projeto permite que todas as instituições consociadas se conectem através de infraestrutura óptica. Serão disponibilizados equipamentos para a rede lógica e a gestão administrativa dos projetos de cada rede metropolitana, abrigando pontos de presença (PoPs) do backbone da RNP, o que significa uma cobertura nacional
        
        Após a implantação da rede metropolitana, a gestão da sua operação, seu custeio e sua sustentabilidade ficarão a cargo das instituições que a utilizam. Fazem parte do consórcio da Rede Metropolitana de Campo Grande, além do IMTI, a Agência de Desenvolvimento Agrária e Extensão Rural ? AGRAER, o Colégio Militar de Campo Grande ? CMCG, o 6º Centro de Telemática de Área ? Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército ? CTA, a Embrapa Gado de Corte, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia ? SEMAC, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal ? IAGRO, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul ? IFMS, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul ? UFMS, o Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial ? INMETRO e o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, tendo como instituições parceiras a Prefeitura de Campo Grande, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e a Empresa Energética de Mato Grosso do Sul ? Enersul.
        
        Além de incentivar a inclusão digital e o acesso à Internet, estimulando assim a aplicação de novas tecnologias como fator de desenvolvimento do país, a Redecomep visa integrar nacionalmente ações de computação avançada e bibliotecas digitais por meio de uma infraestrutura óptica de alta capacidade. 
        
         

Leia Também