sábado, 21 de julho de 2018

Prefeitura da Capital investe em tijolo ecológico em obras futuras

1 ABR 2009Por 18h:40
     

 

 

Tijolos de solo-cimento, conhecidos como tijolos ecológicos, feitos a base de arenito e cimento, podem ser utilizados na construção de banheiros, guaritas e salas administrativas instaladas nos parques e praças da Capital. A intenção da Semantur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) é difundir a tecnologia e fomentar o produto no mercado da construção civil da Capital. O primeiro local a receber estrutura com os tijolos ecológicos será o Parque Ecológico do Anhanduí.

 

Fabricados de forma manual, com matérias-primas básicas sendo barro e cimento, o tijolo ecológico não passa pelo forno, portanto, não gera fumaça, o que diminui os níveis de poluição, economiza energia e matéria-prima.

 

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) será a responsável pela assessoria técnica e testes para garantir a qualidade do solo e do tijolo com ele feito.

Leia Também