Quarta, 24 de Janeiro de 2018

Prefeitura comemora 1 milhão de notas fiscais emitidas

9 AGO 2010Por 18h:00
     

A Secretaria Municipal da Receita de Campo Grande comemora a marca de 1 milhão de notas fiscais de serviço eletrônicas emitidas, comprovando o sucesso da implantação da nova ferramenta desde janeiro deste ano.

O novo sistema traz benefícios tanto para o tomador quanto para o prestador de serviços. A Secretaria Municipal da Receita efetuou levantamento que demonstra que, desde sua implantação, a NFS-e já gerou uma economia de mais de R$ 500 mil para as empresas que utilizam o novo sistema.

E não é só isso. O meio ambiente também se beneficia. De acordo com o secretário da Receita César Estoduto, um levantamento feito pela Semre aponta que, desde que foi implantada, a NFS-e contribuiu para que, pelo menos, 61 árvores fossem preservadas.

Segundo o engenheiro florestal Robson Oliveira Laprovitera, 35, que trabalha na International Paper do Brasil (IP Brasil), onde exerce o cargo de gerente de sustentabilidade e gestão florestal, "uma árvore de eucalipto produz cerca de 18 mil folhas de papel sulfite tamanho A4".

Com a NFS-e, supondo que todo contribuinte peça uma via do documento em papel sulfite, o que é pouco provável porque a nota é virtual, ainda assim haverá economia para a empresa prestadora de serviços e também preservação do meio ambiente, já que com as notas de papel seriam geradas três vias de cada nota", disse.

                Ainda segundo Estoduto, a partir de outubro, com a adesão ao novo sistema, as empresas que ainda não se credenciaram e com o ingresso de algumas atividades como estacionamentos, escolas, universidades e cartórios, a expectativa é de que sejam geradas 400 mil notas por mês. Para este número de documentos, a economia mensal das empresas será de mais de R$ 150 mil/mês e serão preservadas 24 árvores por mês.

Leia Também