Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Licitação

Prefeitura amplia prazo de concessão de postos

29 JUN 10 - 06h:31
karine cortez

A empresa que vencer a licitação para explorar os seis postos de combustíveis situados nos canteiros de avenidas de Campo Grande terá direito de permanecer no serviço por pelo menos 30 anos, conforme alteração na lei do Executivo aprovada pela Câmara Municipal e sancionada ontem pelo prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB). O secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Paulo Sérgio Nahas, explicou ontem que se trata de uma alteração no artigo 3 que previa concessão de 20 anos à empresa vencedora do certame. “Só estamos alterando esse prazo. Nada mais”, salientou Nahas.

Ele afirmou que o edital de licitação para empresas interessadas em explorar o serviço está sendo finalizado e será publicado nos próximos dias. Os postos que já existem estão situados nas avenidas Mato Grosso esquina com a Hiroshima, na Gury Marques (saída para São Paulo), na Coronel Antonino (saída para Cuiabá), na Ministro João Arinos (saída para Três Lagoas) e na Euler de Azevedo (entrada do Conjunto José Abrão). Outro será construído na saída para Aquidauana.

O recurso que a prefeitura vai receber da empresa será usado para recapeamento de avenidas na região central.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Estacionamento rotativo ficará mais caro em Campo Grande
REAJUSTE

Estacionamento rotativo ficará mais caro em Campo Grande

"Se Joga" é aposta comedida da Globo
TELEVISÃO

"Se Joga" é aposta comedida da Globo

Fernanda Souza e Thiaguinho se separam após mais de oito anos juntos
CELEBRIDADES

Fernanda Souza e Thiaguinho se separam após mais de oito anos juntos

Após cinco dias, lago do Parque das Nações continua pela metade
CONTA-GOTAS

Após 5 dias, lago do Parque das Nações continua pela metade

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião