Domingo, 24 de Junho de 2018

Prefeito é condenado a devolver R$ 2 milhões

7 NOV 2008Por 22h:15
     

Maria Matheus

 

O prefeito de Paranaíba, Manoel Ovídio (PR), foi condenado a devolver aos cofres públicos quase R$ 2 milhões, referentes a licitações fraudulentas e contratações irregulares de empresas. O juiz da 2ª Vara Cível de Paranaíba, Mário José Esbalqueiro Júnior, mandou fazer um levantamento dos bens do prefeito para garantir o ressarcimento das despesas realizadas de forma irregular.

Ele considerou que Ovídio "desrespeitou a Constituição Federal e os limites da Lei de Licitações, fracionando e dirigindo licitações" para a compra de gêneros alimentícios, medicamentos e combustíveis. O prefeito contratou, por exemplo, serviços da Pró-Imagem, de propriedade da esposa do ex-secretário de Saúde, Guilherme Bocalem e também da Construtora Ovídio, que agora, de acordo com o autor da ação, está em nome da filha do prefeito. A ação foi movida pelo vereador Paulo Henrique Cançado Soares (PDT).

Leia Também