Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

AQUIDAUANA

Prefeito desobedece ordem judicial, é preso e levado para prestar depoimento

14 AGO 12 - 19h:00ADILSON TRINDADE

O juiz José de Andrade Neto mandou prender o prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), candidato à reeleição, por desobediência por não acatar a ordem de repassar informações ao vereador Wesel Lucarelli (PPS) sobre o consumo de combustíveis e lubrificantes da prefeitura.

O comandante da Polícia Militar da cidade, coronel Cândido, foi convocado pelo magistrado para levar o prefeito à Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento.

O mesmo juiz que determinou a prisão, afastou por três vezes o prefeito do cargo a pedido do Ministério Público. Fauzi reassumiu as suas funções na prefeitura por decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. O prefeito acabou sendo punido hoje (14)  por se recusar a repassar documentos ao vereador Wesel Lucarelli, um ferrenho opositor na Câmara Municipal.

Depois de prestar depoimento, Fauzi foi liberado.

Leia mais na edição de amanhã do jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

VAZA-JATO

Procuradores trocaram mensagens sobre Flávio Bolsonaro, afirma site

BRASIL

Marinha proíbe uso de celular em suas instalações

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa
ECONOMIA

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda
ECONOMIA

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda

Mais Lidas