Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Prefeito de Bela Vista denuncia retaliação de André

26 JAN 10 - 07h:23
O prefeito de Bela Vista, Chico Maia (PT), afirmou que o governador André Puccinelli (PMDB) prometeu, na última reunião com prefeitos do Estado, cortar a “ajuda” aos municípios que não apoiarem sua reeleição. “O governador disse que só vai ajudar com recursos quem segui-lo na campanha. Ele apontou para mim e disse que Bela Vista não teria nada. Temos que alertar a população da forma como o governador impõe isso”, contou Maia. Para o presidente da Assomasul, Beto Pereira (PMDB), o corte de repasses como retaliação aos oponentes fere a Constituição brasileira. “Ele não fará, e nem pode fazer isso, até porque é inconstitucional. Os repasses são direcionados a cada município. O que pode acontecer é que as verbas extras sejam cortadas, mas isso é decisão dele. Governar é escolher prioridades”, avaliou Pereira. O vice-governador Murilo Zauith (DEM), que representou Puccinelli no evento realizado na Assomasul, negou que o peemedebista pense em usar verbas públicas em troca de apoio. “O André não é de fazer essas coisas, em ano eleitoral qualquer pensamento vira frase”. Questionado se poderia recorrer à tática, Zauith disse que não. “Os recursos são todos carimbados”.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Governadores reiteram apoio a reformas e defendem reinclusão na da Previdência

BRASIL

Judeus reclamam do uso de símbolos por Bolsonaro

BRASIL

Moro autoriza envio da Força Nacional para combater desmatamento

BRASIL

Evangélicos cobram transferência de embaixada em Israel

Mais Lidas