Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Consumidor

Preço dos combustíveis continua em elevação nos postos de Campo Grande

17 ABR 2011Por Laís Camargo20h:30

Os preços do etanol e da gasolina continuam a subir mesmo após os 14,4% de aumento no etanol no último mês, e várias promessas governamentais conclamando o congelamento dos preços. Com caráter mais definitivo, a última foi do Ministro da Fazenda, Guido Mantega, sexta-feira (15), nos EUA, pouco antes da reunião do G20.

Ainda assim, a pesquisa divulgada pela Associação Nacional do Petróleo (ANP), mostra que o preço médio do etanol está em R$ 2,42 e o da gasolina R$2,82 no Mato Grosso do Sul na semana de 10 a 16 de abril. Comparando com a última pesquisa, feita na semana anterior, são R$0,03 de aumento, que se progressivos, vão acalçar o patamar dos combustíveis no Acre, que chegam a ser 16,3% mais caros que no resto do país. Sendo que em São Paulo o litro da gasolina está na média de R$2,69, e no Acre, R$ 3,13.

Escassez

Em matéria publicada ontem (16) no jornal Correio do Estado, o diretor de comunicação do Sindicato dos Revendedores de Derivados do Petróleo (Sinpetro/MS), Marcos Villalba afirma que na situação de racionamento do etanol anidro, os donos de postos serão os mais prejudicados, porque haverá desabastecimento pontual.

Ele acusa os usineiros de forçar a falta de gasolina para elevar a venda de etanol, que registrou queda superior a 40% após o preço subir e o produto perder competitividade no mercado brasileiro.

Leia Também