Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SEU BOLSO

Preço do tomate dispara 47,9% em fevereiro

Preço do tomate dispara 47,9% em fevereiro
11/03/2014 15:30 - Gabriel Maymone


O preço do tomate disparou 47,9% e foi o responsável pela alta de 1,22% na cesta básica individual em Campo Grande no mês de fevereiro, o que representa um acréscimo de R$ 3,52, passando de R$ 288,57 em janeiro para R$ 292,09 em fevereiro, segundo pesquisa divulgada hoje pela Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos (Dieese).

Conforme a pesquisa, dos 13 itens que compõem a cesta básica, apenas três alimentos tiveram alta. Além do tomate, subiram os preços do café em pó (2,53%) e leite (0,44%). Os demais produtos registraram queda no preço, que não foi suficiente para baixar o valor. Registraram retração os preços de banana (-18,08%), batata (-8,56%), feijão (-2,68%), manteiga (-2,57%), açúcar (-2,38%), farinha de trigo (-1,69%), carne (-1,49%), arroz (-1,36%), pão francês (-1,07%) e óleo de soja (-0,62%).

Apesar da alta, o preço da cesta básica teve queda de 3,02% nos últimos doze meses. Dentre as nove capitais pesquisadas pelo departamento, é a terceira com maior queda.

Justificativa
A alta no preço do tomate se deve, segundo o Dieese, em função das variações climáticas, especialmente a seca, nas regiões produtoras de sul e sudeste que estão em plena colheita – o que tem ocasionado inclusive problemas de abastecimento de energia. Goiás, principal produtor do fruto no país, permanece em vazio sanitário, mas em se mantendo na ponta de abastecimento, poderá contribuir para que o preço diminua futuramente.

Família
A família campo-grandense começou o ano de 2014 pagando R$ 865,71 na Cesta
Básica, e com a variação positiva registrada em fevereiro, precisou investir R$ 10,56 a mais
para o suprimento alimentar de sua família, ou um custo total de R$ 876,27.

Na pesquisa do DIEESE, uma unidade familiar é composta por quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças – que, para efeitos de cálculo, são alimentadas como um adulto. O valor da cesta básica para a família é obtido ao triplicarmos o valor da cesta apontado na pesquisa mensal.

Felpuda


É grande a expectativa em torno de qual foi a justificativa de conhecida figura que beneficiou sujeito, e este, aproveitando a, digamos, boa vontade demonstrada, simplesmente “sumiu do mapa”. Órgão nacional pediu explicações para o “benfeitor”, e o prazo já venceu. Como as decisões por lá não ficam escondidas do distinto público, logo, logo, a curiosidade deverá ser contemplada. É esperar para conferir!