Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Semana Santa

Preço do peixe sobe, demanda cresce 60 por cento

21 ABR 2011Por DA REDAÇÃO10h:23

A conhecida Colônia dos Pescadores, no bairro Jupiá, em Três Lagoas, oferece uma grande abundância e variedade de peixes para esta época do ano. De acordo com seu presidente, Antonio de Souza Farias, mesmo tendo subido um pouco o preço do produto, a procura ainda é muito grande. Conforme o presidente, os mais procurados para a época são: piapara e pintado, sendo que custam, hoje, R$ 10 e R$ 20 o quilo, respectivamente. Com relação ao ano passado, a diferença é um pouco salgada, sendo que custavam cerca de R$ 6 e R$ 17 o quilo, aproximadamente.

Para ele, o aumento no preço se deve a uma subida geral nos preços da carne e do frango. “Subiu barbaridade a carne, e este ano o peixe tava mais fraco também. E quanto sobe a carne, o frango, automaticamente sobe o peixe também”. Mas, mesmo com o aumento, a procura tem sido ainda maior que no ano passado, segundo ele. “Esse ano as pessoas têm comido mais peixe. E, na Semana Santa, a procura aumenta cerca de 60%, porque os pescadores deixam o peixe limpinho, bem ajeitado para venda, e os consumidores gostam muito de comprar aqui”.

O presidente disse que, em alguns mercados, os peixes são provenientes do Amazonas, e, para chegar na mesa do consumidor, leva até cerca de 6 meses, ou seja, quase o prazo de validade, de acordo com Souza. “Leva de 4 a 5 meses para vir o peixe de fora, sendo que lá no Amazonas ele já pode estar armazenado há uns três meses, por exemplo. Já aqui na colônia não. O peixe fica armazenado, no máximo, uma semana. Quem tiver interesse é só vir no Jupiá, que todos os pescadores têm peixes e vendem em suas próprias residências”, finalizou. O telefone da Colônia dos Pescadores de Jupiá é o 3521-4858.

NO SUPERMERCADO

No supermercado Nova Estrela, localizado no bairro Santos Dumont, em Três Lagoas, o gerente Geovani Garcia Queiroz Junior diz que a procura está bem grande também, tanto clientes procurando por peixes como pelo bacalhau. “Não temos muita variedade de peixes, mas o que temos está em conta e estamos vendendo bem”. No estabelecimento é possível encontrar: filé de merluza, sardinha, camarão, filé de tilápia e manjuba, mas, de acordo com Queiroz, a procura maior mesmo tem sido mesmo pelo bacalhau. A origem dos peixes, de acordo com Geovani Junior, é do Paraná e São Paulo.

Em relação ao ano anterior, o gerente relata que os produtos estão praticamente na mesma faixa de preço, e o mercado ainda oferece boas promoções nesta quarta e quinta-feira: Bacalhau do Porto a R$ 33,98 o quilo; Bacalhau Desfiado a R$ 15,99 o quilo; Barcalhau Zargo a R$ 17,98 o quilo. Já no caso dos peixes, sardinha congelada inteira a R$ 3,99 o quilo; filé de merluza a R$ 9,98 o quilo e filé de tilápa a R$ 12,30 uma embalagem fechada com 400 gramas.

Com informações do Perfil News

Leia Também