Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Carne

Preço do frango registra queda em todo País

5 JUN 2011Por DA REDAÇÃO09h:55

Após a proibição da entrada de carnes brasileiras na Rússia, as cotações internas devem subir. Os embarques de carne de frango para o exterior voltaram a subir em maio, assim como os preços da carne em dólares e em reais. Esse escoamento, no entanto, não reduziu a disponibilidade interna o suficiente para sustentar as cotações do frango negociado no país, com quedas acentuadas do frango vivo e da carne no atacado.

A notícia de que a Rússia proibiu a entrada de carnes brasileiras de frango, suíno e de boi dos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul deve pressionar ainda mais as cotações internas.

O volume de carne de frango brasileira exportada em maio, segundo dados da Secex, aumentou 4,7% em relação a abril, totalizando 303,1 mil toneladas embarcadas. No confronto com o mesmo mês do ano passado, houve expansão de 4,4%.

O preço da carne exportada --em real-- aumentou 5,7% em relação à média de abril, para R$ 3,32 o quilo. O aumento dos preços no mercado externo e as desvalorizações acentuadas no interno tornaram as exportações ainda mais atrativas, segundo análise do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

No atacado da região metropolitana de São Paulo, o preço médio do frango inteiro congelado em maio foi de R$ 2,76 o quilo. Essa diferença é semelhante à de maio do ano passado, quando a carne era exportada a R$ 3,12 e o atacado da capital estava a R$ 2,63.

Com informações da Folha Online

Leia Também