Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

ibge

Preço do carro cai, mas motorista paga mais por manutenção

9 JUL 2012Por band13h:20

Os preços dos carros novos recuaram, em média, 5,48% em junho devido à redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) promovida pelo governo no final de maio.

Com o resultado, os veículos acumulam uma queda de 7,55% nos últimos doze meses, segundo a inflação medida pelo IPCA (Índice Preços ao Consumidor Amplo) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Por outro lado, o motorista está desembolsando mais com a manutenção do carro. Neste ano, no entanto, os combustíveis não estão sendo os vilões. São os serviços que estão pesando mais no bolso do consumidor. Em um ano, os preços cobrados por estacionamento subiram 9,43%. O conserto do automóvel também ficou 9% mais caro, segundo o IBGE.

A inflação do carro, calculada pela Agência Autoinforme, fechou o primeiro semestre do ano com alta de 0,84%. O aumento foi impulsionado principalmente pelos serviços, que já estão custando 3,06% mais caro; pelo seguro do carro, que já subiu 3,76%; e pelas peças de reposição, que tiveram alta de 2,62% até junho. Só em junho a cesta de serviços teve alta de 1,11%.

Individualmente, a maior alta ocorrida no mês passado foi do alinhamento de direção, que ficou 3,66% mais caro, seguido pelo serviço de revisão e mão de obra, com alta de 3,45%. O motorista paga 3,38% a mais fazer balanceamento: o serviço já esta custando mais de R$ 50 por roda.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também