Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Preço do álcool cai 1,2% na Capital

16 MAR 10 - 08h:00
O valor do álcool combust ível (eta nol) recuou 1,2% entre quinta-feira (11) e sábado (13), em Campo Grande, aponta pesquisa divulgada ontem pela Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon/MS). O órgão acredita que os postos diminuam os preços no fim de semana, quando o movimento é menos intenso. O preço da gasolina comum variou -0,10% e o da aditivada +0,12; o diesel não apresentou diferença. O levantamento, feito em 20 postos de combustível de Campo Grande, comprova que, mesmo com a retração nos preços do biocombustível verificado nos últimos dias, ainda é vantajoso abastecer com gasolina. O valor médio do combustível derivado do petróleo é de R$ 2,50, enquanto o que tem como matéria-prima a cana-de-açúcar custa R$ 1,87. Como o litro do álcool ultrapassa 75% do preço da gasolina, o melhor negócio é optar pela última. Quando a diferença cair para 70%, o biocombustível voltará a ter a preferência dos donos de carros flex. Cartel Segundo a supertintendência do Procon, a pesquisa evidencia a inexistência de cartel na Capital, ou seja, os postos não se associaram para elevar preços dos produtos, o que deixaria o consumidor sem poder de escolha. Em comparação com julho do ano passado, o álcool sofreu aumento de 14% nas bombas, ao passo que o litro da gasolina comum ficou 5,6% mais barato, e o da aditivada caiu 21,8% nesses nove meses. (CHB)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião