Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Preço da soja reage, mas não gera esperança

19 ABR 10 - 08h:58
Maurício Hugo

Os preços futuros da soja terminaram a quinta-feira da semana passada mais valorizados na Bolsa de Chicago. Logicamente que houve reflexos no mercado brasileiro, embora a alta não seja significativa. Chegou a se noticar como “uma forte valorização na Bolsa de Chicago”. Mas na verdade, os contratos com vencimento em julho fecharam o dia cotados a US$ 9,930 por bushel. Isso representa uma alta de 16 centavos de dólar em relação ao dia anterior, o que vem a significar muito pouco em reais.
Em Mato Grosso do Sul houve também uma leve alta próximo a R$ 1, com os preços chegando quase a R$ 30 a saca. Para o corretor de grãos de Chapadão do Sul, Pedro Calgaro, no entanto, não é para ninguém pensar que a soja possa reagir mais do que isso. “O que a gente sabe é que, com a safra colhida no Brasil, na Argentina e nos Estados Unidos, o mercado não tem como reagir. Aqui nós vamos ficar com essa variação de preços entre R$ 28 e R$ 30 a saca de 60 quilos, e nada diferente disso”, avalia Calgaro.
Analistas internacionais consultados pela Dow Jones Newswires disseram que o ganho em Chicago foi atribuído a um movimento de cobertura de posições vendidas, depois de superados alguns níveis de resistência.
A falta de vendas mais agressivas atraiu compradores para o mercado, o que acabou dando um suporte mais firme para os preços da soja em Chicago.
Refletindo o momento, os preços tiveram alta de 2,68% durante esta semana em cooperativas do Paraná. Na segunda-feira, eram cotados a R$ 29,80 a saca de 60 quilos e, na última sexta-feira, o valor era de R$ 30,60.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Aposentados ganham adicional por “produtividade” em MS
RECEITA ESTADUAL

Aposentados ganham adicional por “produtividade” em MS

Motorista bêbado fura sinal e mata motociclista na Capital
ACIDENTE

Motorista bêbado fura sinal e mata motociclista na Capital

Inflação da Capital é a maior para novembro em quatro anos
IPCA

Inflação da Capital é a maior para novembro em quatro anos

Em Três Lagoas, Refis atende em regime de plantão neste sábado
INTERIOR

Em Três Lagoas, Refis atende em regime de plantão neste sábado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião