Terça, 19 de Junho de 2018

Preço da cesta básica cai em 16 capitais

4 AGO 2010Por 12h:30
     

A cesta básica ficou mais barata em 16 das 17 capitais brasileiras pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em julho. O resultado do levantamento foi divulgado nesta quarta-feira (4).

As maiores reduções foram vistas no Rio de Janeiro (RJ), cujo preço caiu 6,60%, Belo Horizonte (BH), que teve redução de 5,86%, e nas capitais da região Sul. Outros destaques foram vistos em Curitiba (PR), cujo valor da cesta apresentou queda de 4,86%, Florianópolis (SC), de 4,75%, e Porto Alegre (RS), de 4,22%. Apenas em Belém (PA) foi registrado um leve aumento de 0,05%.

Capitais Valor da cesta (em R$) Variação no ano (em %)

Belém 215,32 5,38

Fortaleza 181,73 2,70

Natal 208,92 12,29

João Pessoa 191,17 12,04

Manaus 233,00 7,90

Aracaju 181,04 7,01

Salvador 202,82 10,74

Goiânia 215,02 12,63

Recife 200,83 17,23

Vitória 222,27 1,45

São Paulo 239,38 4,90

Brasília 221,17 -0,47

Porto Alegre 237,67 0,04

Florianópolis 221,42 4,99

Curitiba 216,11 2,01

Belo Horizonte 217,97 1,87

Rio de Janeiro 213,10 -0,12

A redução generalizada no custo da cesta básica se deve, de acordo com o Dieese, principalmente, à queda no preço do tomate, açúcar e da batata.

De todas as capitais, a que apresentou o maior valor da cesta básica foi São Paulo, como ocorreu no mês anterior. O preço de uma cesta chegou a R$ 239,38. Porto Alegre registrou o segundo maior valor (R$ 237,67) e Manaus o terceiro (R$ 233,00). As cestas mais baratas foram encontradas em Aracaju (R$ 181,04), Fortaleza (R$ 181,73) e João Pessoa (R$ 191,17).

Leia Também