FRETE E DIESEL MAIS CAROS

Preço da carne deve aumentar 30% em Mato Grosso do Sul

Preço da carne deve aumentar 30% em Mato Grosso do Sul
15/08/2012 00:02 - VINÍCIUS SQUINELO


Quem gosta de comer um bom bife vai sentir no bolso os problemas vividos pela pecuária sul-mato-grossense. Custo alto, arroba em baixa, frete e diesel mais caros, além da forte demanda e produção abaixo do esperado, todos esses problemas estruturais tiveram um simples resultado: a carne bovina vai encarecer até 30% nos próximos meses no Estado.

A perspectiva é de quem trabalha no setor. O reajuste deve começar a chegar, aos poucos, para o consumidor nos próximos três meses. “Historicamente, o período final de ano apresenta um aquecimento das vendas, o que reflete em toda a cadeia, do preço da arroba até a carne para o cliente”, afirmou João Alberto Dias, presidente da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne de Mato Grosso do Sul (Assocarnes).

O aumento ocorre em um quadro de queda do valor da arroba. Em 12 meses, a arroba da vaca gorda (carne consumida no Estado) caiu 6,6% na praça de Campo Grande, sendo comprada hoje por R$ 81,53. No mesmo período, o valor médio das principais peças bovinas ficaram 5,2% mais caras (veja matéria na página).

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".