Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

FRETE E DIESEL MAIS CAROS

Preço da carne deve aumentar 30% em Mato Grosso do Sul

15 AGO 2012Por VINÍCIUS SQUINELO00h:02

Quem gosta de comer um bom bife vai sentir no bolso os problemas vividos pela pecuária sul-mato-grossense. Custo alto, arroba em baixa, frete e diesel mais caros, além da forte demanda e produção abaixo do esperado, todos esses problemas estruturais tiveram um simples resultado: a carne bovina vai encarecer até 30% nos próximos meses no Estado.

A perspectiva é de quem trabalha no setor. O reajuste deve começar a chegar, aos poucos, para o consumidor nos próximos três meses. “Historicamente, o período final de ano apresenta um aquecimento das vendas, o que reflete em toda a cadeia, do preço da arroba até a carne para o cliente”, afirmou João Alberto Dias, presidente da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne de Mato Grosso do Sul (Assocarnes).

O aumento ocorre em um quadro de queda do valor da arroba. Em 12 meses, a arroba da vaca gorda (carne consumida no Estado) caiu 6,6% na praça de Campo Grande, sendo comprada hoje por R$ 81,53. No mesmo período, o valor médio das principais peças bovinas ficaram 5,2% mais caras (veja matéria na página).

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também