Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

OPERAÇÃO CARNAVAL

PRE registrou 16 acidentes nas estradas estaduais

9 MAR 2011Por DA REDAÇÃO18h:08

A Polícia Militar Rodoviária (PRE) registrou na Operação Carnaval deste ano um total de 16 acidentes com 13 vítimas leves, duas em estado grave e dois óbitos. No carnaval do ano passado, a PRE contabilizou 25 acidentes que resultaram em 30 vítimas leves e uma em estado grave. A operação teve início na última sexta-feira e terminou hoje (9) ao meio dia. Durante o feriado prolongado os policiais fiscalizaram os mais de 15 mil quilômetros de rodovias estaduais.

A PRE apreendeu no primeiro dia de operação um total de 60,16 quilos de cocaína. Os policiais militares rodoviários abordaram uma caminhonete com dois homens de 21 e 23 anos de idade. Durante vistorias no veículo os policiais encontraram a droga dentro do tanque de combustível. Os jovens foram presos e encaminhados com a droga e o veículo para a Polícia Federal em Campo Grande.

A guarnição também prendeu quatro pessoas por conduzirem veículos em estado de embriaguez. Foram apreendidos também nove veículos e lavrados 399 autos de infração. Os policiais recolheram 86 certificados de licenciamentos que estavam vencidos e nove carteiras de habilitação.

Reforço

O policiamento rodoviário permaneceu em regime especial de trabalho, com redução de folgas e apoio do efetivo administrativo com mais de 150 policiais, que atuaram nas rodovias do Estado, aumentando assim a presença policial nos horários de maior trafego.

A PRE empenhou na operação todas as unidades do Batalhão Rodoviário, ou seja, oito bases da Polícia Militar Rodoviária, sediados respectivamente em Três Lagoas, Paranaíba, Nova Andradina, Amambai, Amandina, Dourados, Ponta Porã, Sidrolândia e policiamento volante nas regiões de Costa Rica, Rio Verde e Bonito, além do Comando sediado em Campo Grande.

Os policiais empregaram cerca de 20 viaturas de quatro e duas rodas, quatro etilômetros, conhecidos como "bafômetros" para a fiscalização da alcoolemia, dois radares móveis para a fiscalização de velocidade e binóculos para a fiscalização de infrações em movimento.




 

Leia Também