Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Prazo para propostas de criação de vagas em cadeias públicas termina na próxima sexta-feira

30 JUL 12 - 16h:48AGÊNCIA BRASIL

O prazo para que os estados apresentem propostas de criação de vagas em cadeias públicas e penitenciárias femininas termina na próxima sexta-feira (3) . O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) vai oferecer aos estados um banco com seis projetos arquitetônicos padronizados. De acordo com o Ministério da Justiça, a meta é investir R$1,1 bilhão e gerar, pelo menos, 42 mil vagas até 2014.

Os projetos devem obedecer as regras estabelecidas pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP). Após a entrega dos documentos, o Depen terá 20 dias e a Caixa Econômica Federal 45 para fazer a análise das informações. A previsão do Ministério da Justiça é que as construções de cadeias públicas ou ampliações das existentes sejam iniciadas até 2013.

O Depen vai aplicar, no máximo, R$ 30 mil por vaga criada e R$ 11.250 por vaga ampliada. O valor restante será financiado pelo estado que apresentou a proposta. Além do Depen, os projetos serão acompanhados e fiscalizados pela Caixa Econômica Federal e pela Presidência da República.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SEGUE PARA SANÇÃO

Senado aprova projeto que obriga SUS a fazer exames de câncer em 30 dias

Jamil Name e filho são acusados de tráfico de armas, milícia privada e corrupção ativa e extorsão
GRUPO DE EXTERMÍNIO

Jamil Name e filho são acusados de tráfico de armas, milícia privada e corrupção ativa e extorsão

Bahia vence Grêmio no Sul e embola briga pelo G6
BRASILEIRÃO

Bahia vence Grêmio no Sul e embola briga pelo G6

No elenco de "Bom Sucesso", Gabriel Contente aprofunda relação com o basquete diante do vídeo
RAIO-X

No elenco de "Bom Sucesso", Gabriel Contente aprofunda relação com o basquete diante do vídeo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião