domingo, 22 de julho de 2018

SEM CONSENSO

PR pode perder a primeira-secretaria na Assembleia

23 JAN 2011Por VIVIANNE NUNES18h:00

Por falta de consenso na bancada, o Partido da República (PR) corre o risco de perder a primeira-secretaria da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, cargo destinado à agremiação na futura Mesa. Por isso, essa semana será decisiva pois, caso os republicanos fiquem fora, os demais partidos deverão entrar na disputa com voracidade pelo segundo cargo mais importante da Casa. A previsão de alguns parlamentares é de que será uma semana "agitada e complicada".

Sem o PR se entender sobre quem assumiria o cargo, o presidente Jerson Domingos - que deverá ser reeleito pela terceira vez para comandar a Casa - será obrigado a abrir nova negociação com os demais partidos para a formação da chapa de consenso. A eleição será no dia 1º de fevereiro, logo após a posse dos reeleitos e dos novos parlamentares. Até lá, os acordos terão de estar sacramentados.

Jerson Domingos pediu uma definição do PR o mais rápido possível.

 Chapa

A bancada conta com três parlamentares - Londres Machado, Paulo Corrêa e Antônio Carlos Arroyo - e pelas articulações coube aos republicanos a primeira secretaria. A composição da futura Mesa, até então, é a seguinte: o PMDB fica com a presidência, o PSDB com a primeira vice-presidência, o PR com a primeira-secretaria e o PT com a segunda-secretaria.

Os deputados Paulo Corrêa e Antônio Carlos Arroyo, do PR, até agora não se mostram dispostos a abrir mão das pretensões de assumir a primeira-secretaria. Já Londres Machado tem recebido palavras de apoio do governador André Puccinelli (PMDB). Como a vaga é uma só, ou há uma decisão de Salomão ou o partido ficará sem assento na futura Mesa Diretora. E, isso, tem assanhado os demais partidos.

 

Papel da 1ª secretaria

À primeira secretaria cabe a superintendência de todos os serviços administrativos da Assembleia Legislativa. São atribuições do primeiro secretário, entre outras, gerir o dinheiro do Legislativo e fiscalizar as despesas, mandar organizar a folha de pagamento e ajuda de custo dos deputados, bem como verificar a dos funcionários da Casa.

Cabe ainda ao primeiro secretário proceder, juntamente com o presidente, a emissão de cheques e movimentação das contas bancárias da Assembleia Legislativa.  

Leia Também