Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

SUCESSÃO MUNICIPAL

PR de Dourados anuncia apoio a Murilo

16 DEZ 2010Por DA REDAÇÃO16h:50

Comissão Provisória do PR (Partido da República) se reuniu hoje pela manhã em Dourados e decidiu, formalmente, apoiar a pré-candidatura de Murilo Zauith (DEM) a prefeito de Dourados. Participaram da reunião 6 integrantes da comissão, sendo que o sétimo estava fora do Estado, mas mesmo assim foi contatado por telefone.

“É hora de ajudar Dourados”. Com esta afirmação, o presidente municipal do PR, Vitoriano Carbonera Cales, o Vitor, definiu o pensamento do partido com relação ao momento difícil pelo qual está passando o município, após o escândalo político e administrativo provocado pela Operação Uragano, que culminou com a renúncia ao mandato de Ari Artuzi. É por isso que haverá nova eleição para prefeito em Dourados, marcada para o dia 6 de fevereiro do ano que vem.

Falando em nome da comissão provisória, Vitor Cales disse que o PR se colocou “a disposição do Murilo para ajudar, sem fazer qualquer tipo de exigência”. Segundo ele, o PR fez apenas um pedido ao pré-candidato: que ele trabalhe para mudar a imagem negativa que Dourados ganhou em todo o mundo em função da operação policial.

Tomada a decisão de caminhar junto com Murilo Zauith na campanha fora de época, os integrantes da comissão provisória convidaram o pré-candidato a ir até a reunião. Ele foi, acompanhado pelo assessor José Jorge Filho, o Zito.

Em seguida, Vitor Cales telefonou ao presidente regional do PR, deputado estadual Londres Machado, informando a decisão tomada. Conforme informações, Londres endossou o posicionamento da comissão provisória e aproveitou para falar com Murilo Zauith, colocando-se à disposição do pré-candidato para colaborar numa eventual futura administração municipal.

Vitor Cales esclareceu que o PR de Dourados tem nomes “com capacidade e competência” para ajudar uma administração, mas frisou que o partido não pretende impor em nenhum momento qualquer tipo de nomeação, apenas se colocando à disposição para ajudar naquilo que for preciso. Ele disse que o melhor caminho é “dar carta branca” para o prefeito escolher o secretariado. “Não estamos aqui para exigir cargos e secretarias. Estamos aqui para colaborar da melhor forma possível”, acrescentou.

O presidente e toda diretoria da comissão provisória ressaltam que o objetivo do PR é “contribuir e colaborar, sem pressionar ninguém”. Para eles, Dourados está precisando da “união e entendimento” da classe política, para que o passado de tantas decepções seja trocado por um futuro de desenvolvimento.

 

Leia Também