Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Povo escolheu quem desejava como presidente, diz líder supremo do Irã

19 JUN 2009Por 08h:00
     

        

 

Líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, declarou nesta sexta-feira (19) que "o povo escolheu quem queria" como presidente do Irã, na votação da semana passada.

No discurso para dezenas de milhares de pessoas na Universidade de Teerã, assistido também pelo atual presidente, Khamenei afirmou que Ahmadinejad foi eleito com 24 milhões de votos e tem opiniões mais próximas das ideias dele. "A eleição demonstrou a confiança no regime islâmico", com uma participação excepcional de 85%, disse ele.

 

O líder acusou os "inimigos do Islã" de tentar provocar inquietação entre os muçulmanos, mas disse que desde o início da Revolução Islâmica, há 30 anos, muitos eventos podiam ter derrubado o sistema, mas "o navio sempre atracou no porto".

Khamenei também pediu o fim das manifestações pelos resultados da eleição e declarou que não cederá às ruas, além de advertir que a oposição será culpada pela violência provocada por seu "extremismo".

 

Com informações do G1

Leia Também