Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mercado

Portugueses protestam contra austeridade fiscal e desemprego

20 MAR 11 - 16h:20Reuters e G1

Milhares de pessoas protestaram em Lisboa neste sábado (19) para exigir emprego, salários melhores e o fim das medidas de austeridade implementadas pelo governo socialista, que busca cortar gastos estatais e evitar um resgate financeiro.

Empunhando bandeiras e cartazes, os manifestantes lotaram a principal avenida de Lisboa, mas o protesto foi menor que a passeata do último sábado, quando cerca de 200 mil pessoas foram às ruas.

"Essas políticas levarão o país ao caos", disse João Antônio Marques, aposentado de 67 anos que participava dos protestos. "As políticas desse governo são da chanceler (alemã, Angela) Merkel, essa Europa é para os ricos."

Organizado pela união sindical CGTP, o protesto acontece enquanto o governo de Portugal enfrenta um desafio crescente para convencer os investidores e Bruxelas de que pode conter seu déficit orçamentário e evitar o destino de Grécia e Irlanda, que tiveram de buscar ajuda externa.

Armênio Carlos, líder da CGTP, estima que dezenas de milhares de pessoas participaram do protesto e destacou que "só se mexe quem confia no futuro". A polícia não deu sua estimativa sobre o número de manifestantes.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Tarcísio, ministro da Infraestrutura, vira queridinho de Jair Bolsonaro

BRASIL

Em resposta a Bolsonaro, Maia diz que presidente é quem agride nas redes sociais

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre
BRASIL

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre

BRASIL

Brumadinho: sobe para 212 o número de mortos identificados em tragédia

Mais Lidas