segunda, 16 de julho de 2018

Portuguesa interrompe série de vitórias do Santos

7 MAR 2010Por 19h:43
     

        Da redação

        Líder isolado do Campeonato Paulista e há dez jogos sem perder, o Santos manteve a série invicta somente aos 44min do segundo tempo da partida deste domingo. Jogando no Estádio do Canindé, a equipe da casa vencia por 1 a 0 até os últimos instantes, quando sofreu o empate de Zé Eduardo.

        O lance que parecia decidir o confronto tinha acontecido logo aos 14min, quando um grande passe de Marco Antônio encontrou Heverton na entrada da grande área. O meia partiu atrás de Edu Dracena, mas venceu o zagueiro na corrida e deu um toque de leve cruzado com a perna direita, bom o bastante para superar o goleiro Felipe.

        A resposta veio aos 44min do segundo tempo, quando Zé Eduardo aproveitou grande confusão na área para marcar, depois de rebote do goleiro Fábio em chute de Paulo Henrique. Contratado por empréstimo até o fim do ano, o meia-atacante revelado pelo Palmeiras, 22 anos, mostrou novamente ter estrela, visto que já havia marcado em sua estreia pelo Santos, contra o Grêmio Prudente.

        Além de ter anotado o gol, seu oitavo no Campeonato Paulista, Héverton foi protagonista em quase todos as jogadas importantes da Portuguesa. Aos 10min do primeiro tempo, por exemplo, já havia finalizado muito perto da trave santista após receber passe do ala direito Paulo Sérgio.

        Aos 27min, Héverton aproveitou bom cruzamento de Marco Antônio para cabecear livre na altura da marca do pênalti - seu desvio, no entanto, foi muito leve, insuficiente para balançar as redes. Por fim, aos 9min da segunda etapa, o ex-jogador do Corinthians teve a chance que poderia ter definido a partida, mas demorou muito para finalizar após Felipe ter dado rebote em chute do ala esquerdo Fabrício.

        Em um jogo bastante aberto, o Santos também criou oportunidades, e as melhores foram barradas por Fábio. O goleiro da Portuguesa frustrou Robinho já aos 18min do primeiro tempo, quando o atacante invadiu a área com liberdade. Aos 12min do segundo, foi a vez de Neymar ser parado: seu belo chute de fora da área teria a direção do ângulo não fosse a intervenção de Fábio, que só não conseguiu defender mesmo o chute de Zé Eduardo.

        Com o resultado, o Santos continua invicto desde 24 de janeiro, dia no qual perdeu por 2 a 1 em visita ao Mogi Mirim. Desde então, o líder do Campeonato Paulista havia realizado dez partidas e ganhado todas, nove pela competição e uma pela Copa do Brasil, contra o Naviraiense-MS, em sequência de vitórias que acabou neste domingo.

        No Estadual, o empate pouco muda a positiva situação do time, que segue na primeira colocação com 32 pontos - só pode ser ameaçado caso o Santo André, que soma 27, vencer o Botafogo a partir das 19h30 (de Brasília) deste domingo.

        A Portuguesa, por sua vez, mantém-se invicta contra os maiores rivais do Paulista. Antes de se igualar ao Santos, já havia batido o São Paulo por 3 a 1, partida na qual contara com dois gols de Héverton, e empatado por 1 a 1 com Palmeiras e Corinthians.

        Apesar desse bom retrospecto, a equipe do Canindé desperdiçou grande oportunidade de se aproximar à zona de classificação à segunda fase: no provisório sétimo lugar, tem 19 pontos, dois a menos que o São Paulo, que ainda entra em campo pela 13ª rodada neste domingo, também às 18h30, contra a Ponte Preta. (Do Terra)

Leia Também