Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Copa 2014

Por Copa, ministro exime Corinthians e alfineta governo de SP

28 MAI 2011Por Folha17h:52

Um dia após São Paulo ser oficialmente excluída da Copa das Confederações-2013, evento-teste para a Copa de 2014, o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., voltou a criticar a preparação paulista para o Mundial. Porém, repartiu a culpa em torno do que chamou de inércia adminstrativa do Estado.

"A responsabilidade é das autoridades. É um erro achar que o Corinthians deve assumir essa responsabilidade", disse ele durante o Fórum Nacional do Esporte, neste sábado, em um hotel de São Paulo.

"A ausência de São Paulo na Copa das Confederações é um anúncio grave. É um sinal de que a cidade está aquém da demanda da Fifa. É lamentável. São Paulo tem que acordar e preparar um estádio", completou.

"O limite para São Paulo mostrar o que pretende em 2014 será julho, quando as autoridades da Fifa estarão por aqui. Até lá, a cidade precisa demonstrar que tem interesse em participar da Copa do Mundo", finalizou Silva Jr.

O ministro, porém, declarou estar sentindo "um pouco mais de vontade" do governador Geraldo Alckmin em relação aos antecessores.

Leia Também