Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Popularidade de Lula mete medo em André

27 DEZ 2009Por 21h:30
     

Adilson Trindade

A alta popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva mete medo no governador André Puccinelli (PMDB), razão pela qual ele retarda acertar aliança com o PSDB em janeiro de 2010: ele não quer colocar em risco a sua reeleição, o que ocorreria com os seus aliados batendo em Lula na campanha eleitoral em Mato Grosso do Sul. Para não se complicar ainda mais, André foi aconselhado, dias atrás, pelo líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), a ter um pouco de paciência com o PT antes de conversar com os tucanos.

Por esta razão, o governador estabeleceu maio como prazo para discutir acordo com os partidos da oposição. Até lá, ele espera por desfecho das negociações da cúpula nacional do PMDB com o PT. Se os dois partidos ficarem juntos na campanha presidencial, André sente que vai ter dificuldades de se aliar aos tucanos, mas também não terá o PT em seu palanque. Ele quer garantir, no mínimo, o compromisso de neutralidade do Planalto na campanha em Mato Grosso do Sul.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também