Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

População deve imunizar cães e gatos em campanha de vacinação antirrábica

9 SET 2010Por 22h:00
     

Em busca de evitar casos de raiva em animais que podem transmitir a doença para seres humanos, cães e gatos de todo o País estão sendo imunizados com a vacinação antirrábica. Assim como acontece em outros estados, em Mato Grosso do Sul é competência das prefeituras fazer a imunização dos animais com o apoio técnico e logístico da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

De acordo com a gestora de Ação de Saúde da secretaria, a médica veterinária Gislaine Coelho Brandão, quem executa a ação de imunização são as prefeituras. "É papel da secretaria estadual fornecer as seringas, vacinas e material de apoio para divulgação a todos os municípios do Estado para que sejam realizadas as campanhas. Os municípios têm autonomia para fazer a ação de imunização", explica a gestora. As vacinas são adquiridas pelo Estado junto ao Ministério da Saúde.

A médica veterinária chama a atenção para a segurança da vacina. "Reações adversas podem acontecer na aplicação de qualquer tipo de vacina, porém elas devem estar dentro de um patamar aceitável", alerta. Conforme denúncias, na região sudeste do País alguns animais morreram após receberem a vacina, porém o Ministério da Saúde adverte que na avaliação do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Vigilância em Saúde, as mortes estão abaixo do número esperado na literatura internacional.

"Outra segurança que nós temos aqui é que o lote enviado para Mato Grosso do Sul é diferente daquele adquirido para a região sudeste". Segundo a médica veterinária no Estado é utilizada a vacina da marca Biovet.

A gestora explica ainda que a campanha para a vacinação antirrábica acontece todos os anos entre os meses de agosto a novembro principalmente nas áreas rurais. O Dia D da campanha para as vacinações nas regiões urbanas será no próximo dia 25 em todo o País e a campanha é de responsabilidade das secretarias municipais de saúde.

        

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também