Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Pop rock se beneficia

17 MAI 10 - 21h:47

A boa fase musical do Estado em outras plagas não se resume ao sertanejo. O pop rock também passa por período fértil e de reconhecimento. Se ainda não é na proporção da turma do sertanejo, em certos nichos o prestígio começa a aparecer. "Mato Grosso do Sul fica entre Cuiabá e Goiânia, lugares de onde vêm muitos nomes de destaque no rock nacional; isso quer dizer que tem que aparecer coisas boas por aí também, a cidade fica no meio do caminho", sugere, em tom de brincadeira, o produtor e jornalista Carlos Eduardo Miranda. "Estou produzindo atualmente o CD do grupo Mini Box Lunar, que é de Macapá. Se aparecem artistas bons em Macapá, porque não em Campo Grande?", continua Miranda.

Na avaliação dele, o primeiro passo para o sucesso nacional é ter consolidada a trajetória no local de origem. "Isso é muito importante. Tem que ganhar o público da própria cidade". Na sequência, participar de festivais pelo País. O procedimento possibilita visibilidade das propostas, além de contato com outros músicos, jornalistas e público atento às novidades do cenário musical. É esse o caminho adotado por formações como Dimitri Pellz, Jennifer Magnética e Facas Voadoras. "A melhor maneira de aparecer, atualmente, é dessa forma", avalia, agora sem brincadeiras.

O caso da banda Curimba, com três anos de existência, também apresenta elementos recomendados por Miranda. Depois de performances vibrantes em bares, festas, eventos especiais, shows e angariar fãs locais, começará a receber atenção em outros pontos do País. A formação foi escolhida, entre 200 concorrentes de todo o Brasil, para participar do programa "Afinando a língua", apresentado por Tony Belloto (escritor e guitarrista dos Titãs). "Ganhamos por meio da votação via Twitter, ficamos com 85% dos votos", aponta Adrian, baixista do Curimba. "Iremos no dia 26 de maio para gravar no Rio de Janeiro a participação, mas não sabemos exatamente quantas músicas tocaremos".

O programa será exibido pela Futura (TV por assinatura), mas não tem data de exibição. (OR)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BOLÍVIA

Evo admite que não deveria ter buscado 4º mandato e partido anuncia candidato

Laudo necroscópico da perícia será determinante para definir caminhos da investigação
SURTO NO MOTEL

Laudo necroscópico da perícia será determinante para definir caminhos da investigação

Há intervalo de 3h entre momento que casal chegou ao motel e surto de mulher, diz delegado
SURTO NO MOTEL

Há intervalo de 3h entre momento que chegaram e surto de mulher, diz delegado

De quase 50 mil candidatos, apenas uma tirou nota máxima na redação do Enem em MS
NOTA 1000

De quase 50 mil candidatos em MS, apenas uma tirou nota máxima na redação do Enem

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião