Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

SUPERAÇÃO

Ponto de Cultura Novo Olhar realiza primeira mostra

10 DEZ 2010Por VIVIANNE NUNES E EVELIN ARAUJO06h:50

O Instituto sul-matogrossense para cegos “Florivaldo Vargas” (Ismac) realiza hoje (10), por meio do Ponto de Cultura Novo Olhar, a sua primeira mostra de artes, às 19h. Cerca de 50 alunos dos projetos desenvolvidos farão apresentações artísticas como dança, canto e capoeira.

A dona de casa e mãe de Larissa, Ana Paula Barros de Souza, explica que leva sua filha ao Ismac desde os três meses de vida. “Larissa tem quatro anos de idade agora e vai dançar com o grupo de balé. A minha rotina é cansativa, eu trabalho, mas minha filha é muito desenvolvida”. Ela conta também o que espera das pessoas em relação à sua filha. “Espero que todos venham assistir e aplaudam muito. É muito importante o trabalho que fazem aqui, as pessoas não conseguem ver isso ainda. Já foi aquele tempo em que as pessoas que nasciam com alguma deficiência não podiam fazer nada por falta de espaço”.

Por meio de um trabalho de inclusão, a coordenadora geral do projeto, Myla Barbosa, explica que o principal objetivo do ponto de cultura é chamar a sociedade para a inclusão por meio da arte. “Há um ano o projeto foi aprovado e esperamos que o se torne um centro de promoção à cultura e à inclusão”, explica.

José Francisco Paixão, de 52 anos, tem baixa visão desde que nasceu. Ele passou a frequentar o Ismac em 2007 por incentivo de uma amiga. “Passei 2 anos vindo de ônibus acompanhado dela, agora já venho sozinho. Faço capoeira participo do coral. Antes do projeto eu não saia de casa sozinho, quase não saía, aliás”, ele revela.

Confira o vídeo:

Leia Também