Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

EMPATE

Ponte e Sport perdem chance de se recuperar

25 JUL 2012Por TERRA20h:38

Ponte Preta e Sport entraram em campo no Estádio Moisés Lucarelli em busca de recuperação no Campeonato Brasileiro, após duas derrotas seguidas. Porém, os times ampliaram o jejum ao empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, em Campinas, pela 12ª rodada da competição. André Luís abriu o marcador para os donos da casa e Marquinhos Gabriel igualou em um belo gol.

A Ponte Preta precisou de cinco minutos de partida para abrir o marcador em Campinas. Rildo fez boa jogada pela esquerda, passou por Cicinho e cruzou de letra para André Luís completar para o fundo das redes. O empate aconteceu aos 21min da primeira etapa. Marquinhos Gabriel arriscou um chute de fora da área e acertou o ângulo do gol adversário, marcando um golaço.

Com o empate no Moisés Lucarelli, as duas equipes permanecem no meio da tabela. A equipe campineira soma 16 pontos e permanece em nono lugar. Mas os comandados de Gilson Kleina podem cair se o Náutico e Flamengo venceram Coritiba e Portuguesa, respectivamente. O Sport ganhou a posição do Corinthians - que enfrenta o Cruzeiro - e está em 12º com 13 pontos.

Sem vencer há três partidas, as duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo. Às 16h (de Brasília), o Sport recebe o último colocado Atlético-GO na Ilha do Retiro. Depois, no encerramento da 13ª rodada, a Ponte Preta visitará o Santos na Vila Belmiro, às 18h30 (de Brasília).

O jogo

Os dois clubes entraram em campo para colocar fim à sequência de duas partidas em vitória do Campeonato Brasileiro. E a Ponte Preta obteve sucesso logo aos 5min de partida. Rildo pedalou para cima de Cicinho, passou e cruzou de letra. André Luís desviou e abriu o marcador no Moisés Lucarelli para os donos da casa. Aos 12min, João Paulo recebeu na esquerda e faz o cruzamento por baixo. Ailson tirou e impediu o segundo da equipe campineira.

A Ponte era melhor, mas o Sport conseguiu o empate com um belo gol de Marquinhos Gabriel, aos 21min. Cicinho tabelou com Willians e a bola sobrou para o meia-atacante. Marquinhos Gabriel finalizou de primeira e acertou o ângulo do gol defendido por Edson Bastos. Os pernambucanos partiram em busca da virada e o arqueiro do time da casa fez boa defesa cinco minutos depois. Felipe Azevedo invadiu a área pelo lado direito e, em vez de tocar para o meio, arriscou direto para intervenção de Edson Bastos.

Como os visitantes equilibraram as ações no primeiro tempo, a equipe alvinegra contou com a inspiração de Renê Júnior para ameaçar a meta adversária. A primeira oportunidade aconteceu aos 33min. O volante fez o giro na marcação e finalizou forte por cima do gol. Quatro minutos depois, Renê Júnior recebeu passe pelo alto, dominou no peito e finalizou de voleio para fora.

Assim como nos primeiros quarenta e cinco minutos, a Ponte começou melhor o segundo tempo e esteve perto de recuperar a liderança no marcador. Aos 3min, Nikão cobrou falta na área, Ferrón desviou de cabeça e a bola passou rente à trave defendida pelo goleiro Magrão. Ainda sim, o ritmo caiu no segundo tempo. O Sport conseguiu responder aos 24min. Felipe Azevedo cruzou e Marquinhos Gabriel cabeceou para boa defesa do goleiro Edson Bastos, mantendo o placar igualado no Moisés Lucarelli.
O experiente Magno Alves fez a estreia pelo Sport nesta quarta-feira. O atacante substituiu o cansado lateral direito Cicinho, aos 24min. E o resultado permaneceu igual por defesa brilhante do goleiro Magrão. Aos 28min, o lateral João Paulo avançou pela esquerda e cruzou para a área. A bola foi curta, mas Rildo conseguiu cabecear e obrigou o arqueiro do time pernambucano a fazer defesa sensacional.

A Ponte Preta partiu em busca do gol da vitória e o goleiro Magrão fechou o gol. Aos 33min, Marcinho recebeu passe na cara do gol e finalizou para defesa do arqueiro do time pernambucano. Rildo aproveitou o rebote e tentou por cobertura, mas Magrão fez mais uma grande defesa. Se o camisa 1 do Sport salvou o time, quase que o da Ponte Preta entregou. Aos 37min, Edson Bastos saiu mal, Gilberto ficou com o gol livre e finalizou para fora.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também