Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Ponta Porã e Paraguai fazem ação conjunta

26 FEV 10 - 06h:42
Com índice de infestação do mosquito Aedes aeg ypti, que em algumas localidades da fronteira atinge a marca de 25%, autoridades brasileiras e paraguaias estão mobilizando a população para combater o transmissor da dengue. Em Ponta Porã, a Secretaria Municipal de Saúde reuniu ontem várias entidades e segmentos organizados para pedir-lhes o apoio para evitar que o município volte a enfrentar uma epidemia da doença, como no ano de 2007. O prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, disse que é preciso essa mobilização para evitar que a doença se prolifere ainda mais. Ele disse que o índice de infestação de 25% em alguns bairros é alarmante. As ações no lado paraguaio são coordenadas pelo Conselho de Emergência Distrital. Até o início desta semana, tinham sido contabilizados 70 casos confirmados, sendo que dois são de pacientes que contraíram a dengue hemorrágica em Pedro Juan Caballero. Outros 368 casos suspeitos foram notificados e os pacientes estão sendo monitorados. Mas a preocupação maior dos paraguaios é com a infestação do mosquito transmissor, que continua crescendo. Em Ponta Porã, a situação não é diferente. O secretário municipal de Saúde, Josué da Silva Lopes, disse que 58 casos de dengue já foram confirmados, sendo 231 suspeitos de ter contraído a doença foram notificados nos bairros e no centro.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS
IRREGULARIDADE

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira
DUPLO HOMICÍDIO

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC
BAIXA RECEITA

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado
ESCOLAS

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião