Sexta, 22 de Junho de 2018

Políticos usam o Twitter para passar recados durante crise no Senado

23 AGO 2009Por 08h:05
     

Depois de cair nas graças dos políticos em Brasília, o serviço de microblog Twitter tem se revelado uma verdadeira ?tribuna virtual?. De desfiliação de senadores a brigas partidárias como a recente crise na bancada do PT, tudo passa pelos campos de digitação do site. Em alguns dos principais embates travados nesta semana no Senado, os parlamentares levaram ao microblog uma sucessão de troca de farpas e anúncios de decisões importantes.

No caso mais recente, os seguidores do líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), no Twitter puderam acompanhar a sucessão de indecisões que o levaram a anunciar sua saída da liderança na quinta-feira (20). ?Subo hoje à tribuna para apresentar minha renúncia da liderança do PT em caráter irrevogável?, avisou o petista em nota postada 12h15.

Seis minutos depois, às 12h21, Mercadante voltou a comentar sua decisão desta vez provocando os senadores Flávio Arns (PT-PR) e Marina Silva (PT-AC), que anunciaram a saída da legenda na quarta-feira (19): ?Ao contrário dos que estão deixando o partido, saio da liderança para disputar, junto à militância, a concepção do PT que eu acredito.?

Mas, 39 minutos depois, Mercadante anunciou o começo da estratégia que viria a fazê-lo recuar. ?Recebi telefonema do ministro (José) Múcio (Relações Institucionais), avisando que o presidente Lula quer conversar comigo pessoalmente antes do meu pronunciamento.?

 

As informações são do Portal G1

Leia Também