Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

apreensão

Polícias apreendem 200 kg de maconha

28 NOV 2010Por Thiago Gomes00h:15

Cerca de 200 quilos de maconha foram apreendidos pelas polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF). Na primeira apreensão, a PF barrou 100 quilos da droga e prendeu em flagrante três pessoas que estavam envolvidas no tráfico. O fato ocorreu na sexta-feira, na estrada da Gameleira, próximo à Campo Grande, quando da realização de trabalhos policiais no contexto da Operação Sentinela.

A PF interceptou um veículo Gol de cor branca, conduzido por Afrânio Marcos dos Santos Silva, 23 anos, encanador, residente em Goiânia (GO). Ele tinha como passageiro Antônio Carlos Fioramonte, 56 anos, pescador, residente em Coxim. Na revista ao veículo os agentes encontraram no assoalho cinco fardos contendo os pacotes de maconha.

Os dois presos eram aguardados por Celino José Bernardes, 44 anos, residente em Campo Grande, que estava em um Fiat Stilo estacionado na beira da estrada da Gameleira, próximo ao local onde o Gol foi abordado.

Todos foram conduzidos para sede da polícia federal e autuados pelo crime de tráfico de drogas. Os presos afirmaram que compraram a maconha em Bela Vista, fronteira com o Paraguai e que tinha como destino final a cidade de Goiânia.  

De acordo com a Polícia Federal, Fioramonte já cumpriu 12 anos de prisão por tráfico. Celino também possui antecedentes por tráfico, tendo sido condenado a 9 anos por transportar maconha para Minas Gerais.

Por outro lado, policiais rodoviários federais também em serviço na Operação Sentinela, na BR-463, em Ponta Porã, apreenderam na noite de sexta-feira vários tabletes de maconha escondidos em compartimentos preparados dentro do veículo Importado VW/Passat, placas de Campo Grande. Na abordagem, o motorista do veículo identificou-se como professor de matemática. Foram encontrados cerca de 110 quilos de maconha no interior do veículo. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil de Ponta Porã. O preso disse que ganharia certa quantia em dinheiro para transportar a droga de Ponta Porã a Campo Grande.

Leia Também