Terça, 16 de Janeiro de 2018

Policial volta a se envolver com disparo em bar

26 ABR 2010Por 22h:15
karine cortez e flávio paes

Em menos de uma semana o policial civil Edivaldo Quevedo da Fonseca, 30 anos, envolveu-se em ocorrência com disparo de arma de fogo em bares da Capital. Na primeira, ocorrida no último dia 21 às 4h30min, aparece como autor de tiros para o alto na tentativa, segundo versão oficial, de conter briga em baile de fantasia num bar localizado na Rua 14 de julho. Na madrugada de ontem, por volta das 3h, outro boletim de ocorrência foi registrado, desta vez, envolvendo Edivaldo como testemunha de disparo de arma de fogo.
O rapaz acompanhado pelo Policial Civil, Anderson Oliveira da Silva, 31 anos, estava em uma boate na Avenida Mato Grosso, Bairro Santa Fé, e, segundo a delegada Marília de Brito, os dois se envolveram numa discussão dentro do estabelecimento, relacionada a pagamento de conta, e a arma de Anderson, uma pistola .40, disparou, atingindo a perna do agente. A arma é funcional e está registrada na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).
A Polícia Civil informou que os agentes podem andar armados quando não estão em serviço, mas não é recomendável que em locais fechados estejam portando a arma. Procedimento administrativo será aberto para apurar as duas ocorrências.

Leia Também