Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Policial é executado e arrastado no ABC paulista

14 ABR 2010Por 09h:02
     

Um policial civil foi executado em frente ao Clube Atlético Aramaçan, em Santo André (ABC paulista), por volta das 20h de ontem. O investigador iria se encontrar com um colega para uma partida de squash, quando foi vítima de emboscada. A polícia divulgou somente o primeiro nome da vítima: Douglas. Dois homens encapuzados e com roupas pretas, chegaram em um carro vermelho - Celta ou Corsa. Segundo testemunhas, pelo menos um deles abordou o policial e começou a atirar. O investigador revidou e há suspeita de que tenha baleado um dos criminosos. Douglas estava há menos de um mês no 4° DP de Santo André. Ele foi transferido do SIG (Setor de Investigações Gerais), onde trabalhou com o chefe dos investigadores Ramiro Diniz Junior, 44, executado com 12 tiros de fuzil na Vila Curuçá, em Santo André, no dia 9 de agosto. O investigador José Carlos dos Santos, da mesma delegacia, havia sido morto em março do ano passado em sua casa, no Jardim Irene, Santo André. Em ambos os casos, os atiradores usavam capuzes e fuzis. Ramiro era suspeito de envolvimento com casas de bingo e de exploração de máquinas caça-níqueis.

Com informações do Diário Online

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também