Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

UFC

Policial do Bope revela estratégia para derrubar campeão

2 MAI 2011Por r702h:30

Policial do Bope e lutador meio-médio (77 kg) do UFC. Empolgado com a grandiosidade do evento, o atleta não se esquivou quando a pergunta foi sobre como vencer o campeão absoluto de sua categoria, o canadense Georges St. Pierre.

- Tem que abalar ele. Talvez um golpe duro na luta em pé. Mas também tem que estar com um chão bem preparado, de repente colocá-lo para baixo e forçar ele a fazer guarda. Sei que tenho um caminho a seguir para enfrentá-lo, penso em uma luta de cada vez. Mas, quem sabe um dia.

Com bons palpites – Paulo acertou os três resultados das lutas principais -, o lutador, que acumula um cartel de 13 vitórias e apenas três derrotas no MMA, avaliou a edição de maior público da história da organização como um “sucesso”.

- Só teve lutão. Todos os combates foram bem casados. A surpresa mesmo ficou por conta do adversário do Zé Aldo, que mostrou um ótimo gás ali no final.

Vindo de duas derrotas seguidas no evento, Paulo renovou seu contrato com o UFC recentemente, sem, no entanto, se sentir confortável com sua situação na organização.

- Sei que estou em uma situação difícil, é vencer ou vencer, não tenho outra saída. Se eu perder, acho que estou fora do UFC. Mas não posso deixar isso me atrapalhar, vou treinar forte e partir com tudo.

Veja a análise que Paulo Thiago fez de cada combate

Lyoto Machida x Randy Couture
O nocaute foi sinistro, ele está de parabéns. Quem se deu bem foi o Steven Seagal, de novo. A academia dele vai estar lotada na segunda-feira, vai ter uma fila quilométrica [risos].

José Aldo x Mark Hominick
O Aldo lutou muito bem, mostrou que é o verdadeiro campeão do evento. A surpresa mesmo ficou por conta do adversário, que mostrou um ótimo gás ali no final.

Georges St. Pierre x Jake Shields
Acho que é isso mesmo. Ele jogou controlando a luta, como sempre faz. Aquele é o jeito dele, difícil de ser batido.

Leia Também