Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

crime

Policial acusado de estuprar 5 menores

8 JAN 2011Por EDILSON JOSÉ ALVES, PONTA PORÃ00h:00

O escrivão de Polícia Civil de Coronel Sapucaia, Nicodemos Moura Rodovalho de Alencar, 47 anos, foi preso depois de ser acusado de estuprar pelo menos cinco adolescentes de 13 a 16 anos. Ele também teria feito ameaças para manter relações sexuais com uma das vítimas. Outra acusação que pesa contra o policial é de ter feito ameaça de morte a uma menor após a mesma prestar declarações aos investigadores.

Segundo a Corregedoria-Geral de Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, o escrivão teve a prisão preventiva decretada pelo juízo criminal da comarca de Amambaí, depois que investigações apontaram que ele vinha mantendo relações sexuais com menores  na região de fronteira com o Paraguai.

De acordo com a Corregedoria, as investigações preliminares apontam que o escrivão cometia crimes de estupro de vulneráveis em razão de manter relações sexuais com adolescentes. Em um dos casos, ele teria utilizado uma arma para ameaçar e obrigar a vítima a consentir a relação sexual. Até ontem à tarde, cinco vítimas já tinham sido identificadas. São meninas com idade de 13 a 16 anos.

Algumas menores após serem ouvidas na última quarta-feira pelo Núcleo de Investigação da Corregedoria, teriam sofrido ameaças do escrivão, o que acabou agravando a situação do acusado e gerando a expedição do mandado de prisão por coação de testemunhas. Uma das vítimas relatou que o escrivão foi até a sua casa e a ameaçou de morte por tê-lo denunciado.

A Corregedoria instaurou inquérito para apurar os crimes. O escrivão também responderá a processo administrativo e caso as denúncias sejam confirmadas ele poderá ser exonerado.

Leia Também