Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Campo Grande

Policiais recebem treinamento para o plano de combate ao crack

13 AGO 2012Por Gabriel Maymone09h:15

O efetivo policial que irá atuar no plano do Governo Federal “Crack é possível vencer”, que será desenvolvido no Bairro Jardim Los Angeles – apontado pela polícia como o mais crítico, começa a ser treinado hoje (12), na Academia de Polícia Civil (Acadepol)

Nesta primeira etapa, participam do curso quarenta profissionais, integrantes das polícias civil, militar, Corpo de Bombeiros, Coordenadoria-Geral de Perícias e Guarda Municipal.

Para o coordenador estadual de Polícia Comunitária, coronel Carlos de Santana Carneiro, a capacitação vai aumentar ainda mais a interação dos segmentos da Segurança Pública. “Com estes cursos poderemos qualificar os policiais para ter mais condições de relacionar-se com a comunidade, proporcionar orientações preventivas, lidar com os usuários e melhor encaminhar as vítimas do crack”, explica.

Programa

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, o governo federal destinou ao Estado aproximadamente R$ 2 milhões, que serão investidos na compra de instrumentos para equipar e qualificar as polícias que irão atuar diretamente nas ações do plano com enfoque na prevenção. "Ainda neste ano, Mato Grosso do Sul irá receber uma base móvel, modelo Van, equipada com instrumentos e monitores para acompanhar o videomonitoramento na região, 20 câmeras com postes para monitorar as ruas do bairro, duas motocicletas, 50 armas elétricas e 150 disparadores de gás, conhecidos como sprays de pimenta, além dos cursos que iniciaremos na próxima semana, que visam qualificar os policiais para melhor atuar nas ações, nas abordagens dos cidadãos e em situação qualificar de risco”, enfatizou. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também