Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COPA DO MUNDO

Polícia só atuará nos estádios em último caso

Polícia só atuará nos estádios em último caso
25/02/2014 00:00 - band


As polícias Civil, Militar e as Forças Armadas só entrarão nos estádios que serão palco da Copa caso haja necessidade. A afirmação é do gerente geral de segurança do COL (Comitê Organizador Local), Hilário Medeiros, que nesta segunda-feira foi entrevistado por Milton Parron no programa Ciranda da Cidade da Rádio Bandeirantes.

Hilário ressalta que o monitoramento dentro das arenas e nos hotéis que receberem dirigentes da Fifa e atletas será feito por agentes privados, conhecidos como Steward.

“Onde tiver uma delegação e seleção sendo hospedada ou jogando, teremos operação de segurança privada. Teremos também, em locais determinados, grupos de pronta resposta da Polícia Militar dentro dos estádios. O primeiro trabalho é feito pela segurança privada”, disse.

Nesta segunda-feira, foi realizado na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), o Seminário Geral de Segurança para a Copa do Mundo, que discutiu a preparação da segurança para o Mundial.

Para garantir a segurança durante a Copa do Mundo, o governo federal vai investir R$ 1,9 bilhão e 170 mil homens no total entre segurança pública e privada serão destacados para a missão.
 

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.