quarta, 18 de julho de 2018

REPRESSÃO

Polícia Rodoviária Federal faz a maior apreensão do ano em produtos contrabandeados

24 FEV 2011Por Laís Camargo17h:05

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou hoje a maior apreensão de contrabando do ano. Três carretas transportando cigarros, roupas e toalhas sem nota fiscal foram interceptadas esta manhã pelos policiais. Um dos caminhões transportava trinta mil pacotes de cigarros. O motorista tinha notas acusando que a carga no baú frigorífico era de frango, mas os policiais encontraram o contrabando. A apreensão foi feita na BR 163, km 369 em Nova Alvorada do Sul. As placas dos caminhões eram Santa Catarina, mas a carga era paraguaia e tinha como destino Campo Grande.

Os outros dois caminhões foram parados na BR 262, km 383, município de Terenos, e iam em em direção a São Paulo. Uma delas levava 200 fardos de roupas fabricadas na China, totalizando 6,5 toneladas. A outro transportava 50 fardos de toalhas, pesando 1,5 tonelada. A suspeita é de que o contrabando tenha sido trazido da Bolívia.

Aumento

O número de apreensões de cigarros no último ano praticamente quintuplicou. Para se ter uma ideia no período de 1 de janeiro a 21 de fevereiro de 2009, o volume de apreensões era de 29.365 pacotes. Em 2010 subiu para 61.568. Já no mesmo período deste ano está em torno de 400 mil pacotes.

Segundo a PRF, vários fatores motivaram o aumento, mas o primordial foi a pesada carga tributária sobre o produto. Em Mato Grosso do Sul um maço de cigarro custa mais que o dobro de um cigarro da mesma marca trazida do Paraguai ou Bolívia. 

Leia Também