Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Polícia quer mais provas sobre onde estaria Samudio

27 JUN 2012Por band13h:30

A carta anônima enviada à mãe de Eliza Samudio indicando onde estaria o corpo da ex-amante do goleiro Bruno Fernandes não foi o suficiente para que a Polícia Civil de Minas começasse as buscas em uma mata no bairro Planalto, na região Norte da capital.

Conforme a denúncia, os restos da modelo estariam escondidos dentro de um poço artesiano desativado no local. Na avaliação do delegado responsável pelas investigações, Wagner Pinto, apenas as informações contidas na carta não justificam a operação.

O delegado ressaltou que, desde o surgimento da carta, foram iniciadas investigações Preliminares com o objetivo de reunir novos indícios. Segundo ele, um “trabalho aprofundado” está sendo feito para que operações e gastos desnecessários sejam evitados.

Caso a Polícia Civil decida procurar o corpo da modelo, será preciso um mandado de busca e apreensão emitido pela Justiça do Estado, já que o terreno pertence a um convento particular.

Eliza Samudio está desaparecida desde junho de 2010 e foi dada como morta pelos investigadores. Nove pessoas foram indiciadas por sequestro, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver, entre elas o ex-goleiro Bruno Fernandes.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também