Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polícia prende ladrões de malote de posto

26 FEV 10 - 06h:40
Três homens foram presos por policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), acusados do roubo de cerca de R$ 35 mil do Posto de Combustível Vitória, localizado na Avenida Euler de Azevedo, na entrada do Ba irro Coophasu l, em Campo Grande. O crime ocorreu por volta das 16h da última segunda-feira e os suspeitos foram presos três dias depois. O proprietário do posto foi abordado no momento em que deixava seu escritório com um malole contendo o faturamento da semana. Ele se dirigia ao banco quando foi rendido por dois homens armados que anunciaram o assalto. Um dos bandidos usava capacete preto e o outro rosa, dando a entender que fugiriam em uma motocicleta. De acordo com o delegado André Luiz Novelli, durante investigação policiais desconfiaram do frentista Edimar César Leite, 30 anos, que no dia do crime estava de folga, mas pediu à gerência que não fosse dispensado. O funcionário, que trabalha no local há mais de um ano, é acusado de informar aos comparsas toda a rotina do dono do posto. O delegado explicou que a jornada de trabalho de Edimar naquele dia teve início às 6h30min e terminou às 14h, no entanto, mesmo após finalizar o turno, ele permaneceu no local até a saída de seu chefe. As câmaras de segurança do posto teriam registrado a presença do frentista momentos antes do assalto. Ao perceber que a vítima faria o transporte do malote, Edimar avisou os comparsas e fugiu. Os ladrões então roubaram cerca de R$ 35 mil em dinheiro, além de cheques. Investigação Novelli explicou que os capacetes utilizados pela dupla eram só para despistar a polícia porque, na verdade, os bandidos fugiram num veículo Gol, azul, de propriedade de Paulo César Nogueira Alcântara, 28 anos, que os aguardava a uma quadra do posto. Ele é acusado de recrutar os autores e conduzir o carro de fuga. As investigações apontaram ainda que Paulo e Edimar são amigos e já trabalharam juntos numa outra revendedora de combustíveis. Conforme a polícia, Roberto César Teixeira Souza e um homem ainda não identificado são os autores do assalto. Dos acusados Ed imar, Paulo e Roberto, apenas o último tem passagem pela polícia, já que cumpria pena por tráfico de drogas e estava em liberdade desde novembro do ano passado. Dinheiro recuperado Na residência de Paulo, localizada na Rua Belmiro Barbosa de Almeida, Bairro Buriti, a policia encontrou R$ 12.540 escondidos no telhado do imóvel. Já na casa de Roberto, que fica no Bairro Dom Antônio Barbosa, foram localizados R$ 5.950 escondidos no sofá da sala, e, um revólver calibre 38. A polícia acredita que o restante do dinheiro e a outra arma utilizada no assalto estejam em poder do quarto suspeito, que ainda não foi identificado. O delegado explicou que toda a quantia recuperada será devolvida à vítima no final das investigações.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Atraso do Reviva prejudica <br>comércio e 35 lojas já fecharam
CAMPO GRANDE

Atraso do Reviva prejudica comércio e lojas fecham

Banco será  responsável por aditivo <br>em obra do Reviva Centro
REVIVA CAMPO GRANDE

Banco será responsável por aditivo
em obra do Reviva Centro

Sanesul pode perder concessão de serviços de saneamento em Dourados
IMPASSE

Sanesul pode perder concessão de serviços em Dourados

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta quarta-feira: "Ganância desenfreada"

Mais Lidas