Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

naviraí

Polícia prende foragido da Justiça acusado de estuprar três mulheres

18 JUL 2012Por DA REDAÇÃO16h:00

Um homem de 30 anos foi preso ontem (17), acusado de estuprar três mulheres em Naviraí (MS). A prisão aconteceu após a Polícia Militar receber uma denúncia de violência doméstica. Uma adolescente de 15 anos relatou aos policiais que o acusado, com quem tinha um relacionamento, havia tentado agredí-la e estava tentando fugir da cidade pois era procurado por ter cometido um estupro.

Em contato com policiais da Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM), a equipe da PM descobriu que ele estava foragido. A adolescente informou que ele iria pegar um ônibus para Itaquiraí e descreveu como ele estaria vestido. Os policias então esperaram o ônibus sair da rodoviária e fizeram a abordagem assim que o veículo parou para pegar um passageiro que trajava as mesmas roupas informadas pela garota, que era exatamente o homem que procuravam. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia da Mulher.

Segundo os policias da DAM, o acusado já havia sido reconhecido por uma mulher que foi atacada em julho do ano passado, próximo ao Cemitério Municipal da cidade. Armado com uma faca, ele teria a obrigado a segui-lo até um terreno baldio e, de acordo com ela, a estuprado. Na manhã desta quarta-feira (18), o suspeito foi reconhecido por mais duas vítimas de estupro. Segundo informações, ele estava foragido na cidade de Mundo Novo e sempre ia para Naviraí. Na madrugada do dia 8 de novembro de 2011, ele chegou a ser detido por Policiais Militares do Departamento de Trânsito com um carro roubado, mais conseguiu fugir pulando muros de várias casas, deixando dentro do carro a sua carteira de identidade que foi apreendida pelos policias. Após o o reconhecimento feito pelas vítimas, o preso foi encaminhado para a Penitenciária de Naviraí, onde ficará a disposição a justiça. 

(Com informações do Tá Na Mídia Naviraí)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também