Segunda, 25 de Junho de 2018

Polícia prende em favela suspeito de matar professor de jiu-jítsu em assalto

28 DEZ 2009Por 16h:00
     

        Policiais civis prenderam nesta segunda-feira um dos suspeitos de envolvimento na morte do professor de jiu-jítsu Marcos Adriano Albuquerque, 39, abordado por assaltantes no último dia 24 na zona oeste no Rio.  Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi preso em operação conjunta entre policiais da 36ª (Santa Cruz) e policiais militares do 27º Batalhão. O nome do preso ainda não confirmado.  A Polícia Civil afirma que, embora o preso negue participação no crime, pertences da vítima foram encontrados com ele, como um relógio Rolex. O suspeito foi localizado na favela do Sapo, em Santa Cruz, onde o carro do lutador foi abandonado.

        Com informações da Folha Online

Leia Também