Quinta, 21 de Junho de 2018

Polícia prende dupla de MS por exercício ilegal da medicina em GO

16 DEZ 2008Por 19h:10
     

 


        

Acusados de exercício ilegal da medicina, Aurelina Pereira dos Santos, 47 anos e Ladislau Carlos Nogueira, 29 anos, foram detidos. Os dois moradores de Campo Grande foram flagrados em um quarto de hotel da cidade de Mineiros, em Goiás. No local eles prescreviam, clandestinamente, medicamentos e cobravam R$ 100,00 por consulta. A polícia chegou ao casal depois de denúncia anônima.

No local, foram apreendidos 630 frascos de medicamentos terapêuticos produzidos por eles, além de carimbos, panfletos e receitas para diabetes. Aurelina confessou que desde 1984 receitava remédios fabricados à base de raízes e Ladislau era responsável pelo transporte dos medicamentos. Agora a dupla responderá pelos crimes de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produtos terapêuticos. Se condenados, podem pegar pena de até 15 anos de prisão.

Leia Também