Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

Polícia prende 12 sem-terra acusados de assaltos no Pará

31 MAR 2009Por 09h:23
      A polícia de Marabá começou a interrogar ontem 12 agricultores ligados ao Movimento dos Sem-Terra (MST) presos no sábado, sob a acusação de assalto e porte ilegal de armas. Segundo a polícia, eles estavam roubando motoristas na rodovia PA-150, em Eldorado dos Carajás, no sudeste paraense. A área fica nas proximidades da Fazenda Maria Bonita - invadida recentemente pelo MST. Ela pertence à Agropecuária Santa Bárbara, empresa do grupo do banqueiro Daniel Dantas. Em poder dos acusados, que confirmaram pertencer ao MST, policiais rodoviários apreenderam nove espingardas do tipo cartucheira, munição, um binóculo e um revólver calibre 38. Até o começo da noite de ontem, os dirigentes do MST não haviam se manifestado sobre as prisões. Além dos militantes do MST, a fazenda do banqueiro também foi invadida por grupos da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Pará (Fetagri) e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf).
        Com informações do Estadão
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também